Eleições 2016: Análise sobre a convenção do PSDC

Hoje (31) houve a convenção do PSDC, partido de Dr. Cristino e Manoel da Polo, candidatos, respectivamente, a prefeito e vice-prefeito de Araioses.

O evento começou às 9:00, com a homologação das candidaturas do prefeito, vice-prefeito e vereadores.
Para o público, a convenção foi marcada para as 15:00, tendo início somente por volta das 17:00.
Dr. Cristino já estava no local antes das 15:00, porém, o evento não começara, pois pareciam esperar outros candidatos e as caravanas vindas da zona rural.
Boa parte dos veículos contratados pelo candidato acabaram sofrendo avarias justo no dia da convenção, o que deixou a organização do evento desconfiada de que esses defeitos tenham sido provocadas por alguém propositalmente..
Mas mesmo com a ausência de pessoas de alguns povoados, a convenção teve início, com a execução dos hinos Nacional e de Araioses.
A estrutura do evento era bem simples. Contava com sistema de som e iluminadores coloridos.
Os candidatos a vereador não foram divulgados oficialmente, porém, conseguimos os nomes de alguns:
  • Irmã Lúcia
  • Irmã Francisca Braga
  • Chicó
  • José Maria
  • Quaresma
  • João de Deus
  • Otávio
  • “Macin”
  • “Chico Gonçal”
  • Alexandre
  • Daby Santos
  • Ilbelândio

As pessoas que falaram com o público presente no evento enfatizaram o “fato de a convenção ter sido realizada com recursos próprios e de o grupo político ser formado apenas por pessoas humildes”.
Todos os discursos foram carregados de emoção e vale destacar a presença de várias pessoas evangélicas no grupo.
Dr. Cristino concedeu entrevista ao Panorama. Ouça:
Agradecemos ao blogueiro e pré-candidato a vereador Daby Santos por ajudar ao Panorama a conseguir a entrevista com Dr, Cristino e pelas fotos compartilhadas com o nosso site.

Imagem: Daby Santos


O que achou do conteúdo dessa postagem? Comente rolando para baixo! (Você pode comentar usando a sua conta do Facebook ou do Google!)

Imagens: Daby Santos
Edição: Panorama Araiosense/ Jonatan Aguiar

Leia Mais
Mostra revela arte brasileira sob perspectiva da atividade industrial
Open