Natação: Brasil garante vaga no revezamento feminino 4x200m em Tóquio

A delegação brasileira de natação na Olimpíada de Tóquio chegou nesta segunda-feira (14) a um total de 26 atletas, um recorde de participação – excluindo a última edição, quando o Brasil era o país sede – após a classificação do revezamento 4×200 metros livre feminino. A equipe nacional, formada por Larissa Oliveira, Nathalia Almeida, Gabrielle Roncatto e Aline Rodrigues, herdou a vaga após a desistência da Grã-Bretanha, campeã europeia. O maior número de nadadores brasileiros em Jogos Olímpicos foi registrado em 2008, na Olimpíada de Pequim (China).  

A confirmação da vaga pela Federação Internacional de Natação (Fina) levou em conta o desempenho do quarteto brasilieiro na seletiva olímpica realizada em abril, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. A equipe brasileira fechou a prova com o tempo de 8m00s92, e ficou na primeira posição na lista reserva de 16 classificadas. Com a vaga confirmada hoje (14), o país estará em Tóquio 2020 com seis dos sete revezamentos possíveis. A única ausência será o 4x100m medley feminino.

Outra boa notícia da Fina para a natação brasileira foi a confirmação de Etiene Medeiros e Caio Pumputis, ambos classificados à Tóquio 2020, nas provas de 50m livre e 100m peito, respectivamente. A decisão ocorreu após pedido da Confederação Brasileira de Deportos Aquáticos (CBDA) feito à entidade.  

Atletas garantidos em Tóquio 2020

Guilherme Costa

Felipe Lima

Fernando Scheffer

Breno Correia

Murilo Sartori

Luiz Altamir

Guilherme Basseto

Guilherme Guido

Leonardo de Deus

Pedro Spajari

Gabriel Santos

Marcelo Chierighini

Beatriz Dizotti

Viviane Jungblut

Caio Pumputis

Vinicius Lanza

Matheus Gonche

Bruno Fratus

Larissa Oliveira

Ana Vieira

Etiene Medeiros

Stephanie Balduccini

Giovanna Diamante

Aline Rodrigues

Nathalia Almeida

Gabrielle Roncatto

Leia Mais
FGV: inflação pelo IPC-S acumula alta de 8,76% em 12 meses
Open