Liga das Nações: seleção feminina de vôlei perde para Estados Unidos

A seleção brasileira feminina de vôlei conheceu a primeira derrota na Liga das Nações nesta quinta-feira (27). Após vencer Canadá e República Dominicana, o time verde e amarelo não conseguiu passar pelos Estados Unidos na competição realizada em Rimini (Itália). O placar do jogo foi de 3 sets a 1 (25/17, 25/19, 23/25 e 25/22). A maior pontuadora do lado brasileiro foi a ponteira Fernanda Garay, com 18 pontos, já Gabi alcançou 15 pontos.

“Lutamos bastante durante toda a partida. Buscamos a evolução e esses jogos são importantes para isso. Vamos analisar esse jogo e ver onde precisamos melhorar. Agora é seguir treinando forte e já pensar no Japão”, afirmou a líbero Camila Brait à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

A formação inicial mandada à quadra pelo técnico Zé Roberto Guimarães foi Macris, Adenizia, Gabi, Tandara, Bia, Fernanda Garay e Camila Brait. Mas, seguindo o esquema de rodízio proposto pelo comandante tricampeão olímpico, Dani Lins, Lorenne, Carol Gattaz, Mayany e Sheilla também participaram da partida.

A equipe feminina volta a jogar na próxima segunda-feira (31), quando enfrenta o Japão a partir das 10h (horário de Brasília). Nos próximos três dias será a vez do torneio masculino, com a seleção brasileira estreando na próxima sexta-feira (28), a partir das 16h, contra a Argentina.

Leia Mais
Brasil concederá visto humanitário a afegãos
Open