Eliminatórias: Philippe Coutinho admite surpresa com convocação

A convocação da seleção brasileira para os jogos contra Colômbia e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) não contou apenas com unanimidades. Um das opções do técnico Tite mais contestadas foi a do meia-atacante Philippe Coutinho, do Barcelona (Espanha). O jogador, que não vive o seu melhor momento na carreira, volta a defender o Brasil após um hiato de um ano e meio.

Em entrevista concedida nesta segunda-feira (8), Coutinho admitiu que até ele mesmo se surpreendeu com a convocação, mas afirmou que ficou muito feliz com seu retorno à seleção: “Fiquei um pouco surpreso ao chegar em casa e ver algumas notícias. Na minha vida nunca faltei com profissionalismo. Sempre respeitei a todos, com todos com os quais trabalhei. Mas tudo bem, respeito a opinião de vocês jornalistas. Falando sobre a convocação, estou muito feliz”.

O meio-campista também comentou o seu atual momento físico, após ter enfrentado três cirurgias no joelho direito: “Estou muito bem. É óbvio que não é fácil ficar nove meses parado, vir de três cirurgias seguidas no mesmo joelho. Porém, desde que retornei não sinto dor alguma, nenhum incômodo. Sinto-me bem. Voltei [aos gramados pelo Barcelona] em setembro, já tem um tempo, estou feliz em estar de volta”.

Porém, o meio-campista do Barcelona sabe que ele retorna à seleção em um momento muito diferente desde a sua última convocação. Philippe Coutinho sabe que terá de lutar por uma vaga na equipe titular, e um dos seus concorrentes é Lucas Paquetá, do Lyon (França). “É um grande jogador. É bom para a seleção ter grandes jogadores. Venho aqui na base do trabalho. Quero poder trabalhar nesses 10 dias, dar o meu máximo. Na seleção sempre foi assim. Aquele que estiver em melhores condições, em melhor momento, é quem joga”.

Transmissão da Rádio Nacional

O próximo desafio do Brasil nas Eliminatórias é contra a Colômbia, a partir das 21h30 (horário de Brasília) de quinta-feira (11) em São Paulo. E a Rádio Nacional transmite a partida com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes.

Leia Mais
Rebeca Andrade dá show em Tóquio e se classifica para três finais
Open